Você sabe qual é a diferença entre cidadania americana e o green card? Muitos imigrantes brasileiros nos Estados Unidos — ou pessoas que estão planejando se mudar para lá — ficam em dúvida sobre essa questão.

O green card, também conhecido como residência permanente ou carta verde, realmente confere muitas vantagens a quem o consegue, porém, ele não é equivalente a uma cidadania. Há algumas restrições e diferenças entre eles, tanto em relação às obrigações quanto aos direitos.

Para quem está projetando viver legalmente nos Estados Unidos ou legitimar sua imigração, é muito importante entender essas diferenças para não ter problemas no processo. Para ajudar, explicamos um pouco sobre a diferença entre cidadania americana e o green card neste post. Acompanhe!

Quem pode ser considerado cidadão norte-americano?

Bebês nascidos nos Estados Unidos

Os Estados Unidos adotam, na sua constituição, o conceito jus solis, do latim “direito da terra”. Por meio dele, qualquer pessoa que nasça no país automaticamente se torna cidadã norte-americana.

Não importa se seus pais são turistas ou imigrantes ilegais, o direito de solo permanece. É importante ressaltar aqui que a situação dos pais não muda com o nascimento de um filho nos Estados Unidos. Nesse caso, a criança só poderá solicitar a residência dos pais ao completar 21 anos.

Filhos com um dos pais norte-americano

Para uma criança ter direito a cidadania ela não precisa, necessariamente, ter nascido nos Estados Unidos. Caso ela nasça em outro local mas um dos pais seja cidadão americano, ela automaticamente garante sua cidadania.

Cidadãos de outros países que sejam naturalizados

Provavelmente o seu caso não se aplica a nenhum dos dois acima e, caso deseje a cidadania, você precisa se naturalizar. Esse é um processo um pouco mais demorado e envolve muitos fatores cobrados pelo governo, como os que seguem:

  • ser maior de 18 anos;

  • ter morado legalmente por 5 anos no país;

  • possuir um bom caráter moral, ou seja, não ter tido problemas durante a estadia;

  • não ter sido deportado;

  • conseguir ler, escrever e se comunicar minimamente em inglês;

  • conhecer a história do país;

  • fazer um juramento de fidelidade e respeito à constituição.

Importante: é necessário permanecer nos Estados Unidos durante todo processo de solicitação até a naturalização.

Afinal, o que é o green card e como ele funciona?

O green card é um documento que permite ao estrangeiro viver legalmente nos Estados Unidos. Por meio dele, é conferido ao portador diversos direitos e deveres, como poder trabalhar, comprar ou alugar uma casa, comprar carros, pagar impostos e estudar.

Veja os direitos e as responsabilidades dos portadores da residência permanente:

  • pagar impostos estaduais e federais;

  • estar alistado no serviço de seleção, caso seja homem e tenha entre 18 e 25 anos;

  • possuir um bom caráter moral;

  • estar presente fisicamente no país (é necessário ser residente para continuar com o visto);

  • morar e trabalhar em qualquer lugar dos Estados Unidos, sem restrições;

  • ficar protegido por todas as leis em todo território, e também responder a elas;

  • ter acesso à assistência médica básica;

  • sair e voltar do país, respeitando prazos e considerando que o local de residência é os Estados Unidos;

  • encaminhar um processo para obtenção de cidadania dos Estados Unidos.

É possível conquistar esse documento de diversas maneiras, porém, é preciso já ter algum tipo de visto previamente. Veja as principais maneiras de conseguir o benefício.

Casamento

Um dos jeitos mais comuns é por meio do casamento com um cidadão norte-americano. Após assinar os papéis, é necessário ainda comprovar que a união é genuína e de boa fé. Para isso, pode ser que os agentes de imigração peçam alguns documentos para comprovar que o casamento é verdadeiro.

Eles podem solicitar fotos do casamento e do casal, contas bancárias ou imposto de renda em conjunto, e-mails trocados entre os noivos, comprovante de viagens realizadas juntos — como reserva de hotéis e passagens —, depoimento de amigos, parentes e vizinhos e até extratos da conta telefônica mostrando ligações entre o casal.

Enfim, é necessário comprovar que a vida a dois realmente existe e que o casamento não é só uma fraude para a obtenção da residência.

Parentesco

O portador da carta verde tem o direito de solicitar ao governo que os parentes de primeiro grau possam viver legalmente no país junto a ele. É possível realizar esse processo estando ou não no país.

As pessoas elegíveis a essa aplicação são os pais, filhos solteiros (caso ele tenha filhos, a criança pode ser incluída no pedido) e cônjuges. A solicitação é demorada, pois o número de concessão desse tipo de solicitação é limitado por ano.

Investidores

A residência permanente para investidores tem muitas regras. Porém, o básico que você precisa saber é que, para brasileiros, é necessário investir de 500 mil a 1 milhão de dólares. Vários fatores influenciam no valor, como a cidade que o investimento será feito, o número de funcionários cidadãos dos Estados Unidos, entre outros.

Além dos citados acima, os tipos de visto abaixo são os mais fáceis de obter em cada categoria:

  • H1B e H2B: visto de trabalho (profissionais com nível superior levam vantagem).

  • L1A e L1B: empregados transferidos para altos cargos executivos ou especialistas em algum assunto.

  • O1 e O2: pessoas que possuem habilidades extraordinárias e os seus assistentes, respectivamente.

  • R: visto religioso. Esse tipo de visto pode ser enquadrado também na categoria de visto de trabalho.

Qual é a diferença entre cidadania americana e o green card?

Algumas distinções se aplicam para aqueles que são cidadãos e os que possuem a residência permanente. Confira:

Ausência do país

O cidadão norte-americano pode sair do país quando quiser e ficar fora durante o tempo que bem entender. Quem está nos Estados Unidos legalmente por meio do green card precisa avisar a imigração quando for ficar um longo período fora. O recomendado é não se ausentar por seis meses, corridos ou não, no período de um ano.

Cargo público

Somente pessoas que possuem a cidadania americana são elegíveis aos cargos públicos federais, principalmente aqueles que envolvem questões de segurança nacional.

Filhos

Os filhos de pais estadunidenses, mesmo que apenas o pai ou a mãe o seja, recebem automaticamente a cidadania. Já aquelas crianças cujos pais possuem somente a carta verde não têm o direito à cidadania.

Passar o green card adiante

Para aqueles que possuem a cidadania americana, é fácil e rápido solicitar o green card para os parentes diretos, ou seja, filhos solteiros até 21 anos, cônjuge e pais. Quem tem a residência permanente possui o mesmo direito, porém, o tempo de espera é muito maior, pois o número de documentos concedidos anualmente, nesse caso, é limitado.

Voto

Os cidadãos norte-americanos têm o direito de votar em eleições federais, estaduais e municipais. O mesmo não se aplica àqueles que possuem a residência permanente.

A última grande diferença é a respeito da perda de direito. Pessoas que possuem a carta verde podem perder esse direito se não seguirem requisitos específicos da legislação dos Estados Unidos.

Como você pode ver, a diferença entre cidadania americana e o green card não é muito grande. Não é obrigatório ter cidadania para morar legalmente nos Estados Unidos, o green card já é suficiente para viver satisfatoriamente no país.

Existem muitas maneiras de conseguir a residência permanente nos Estados Unidos. Caso você esteja no Brasil, é possível planejar tudo nos mínimos detalhes para não enfrentar problemas. Se você já está morando no país ilegalmente, não se preocupe: veja como regularizar sua situação de imigrante!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s