Muitas pessoas hesitam em abrir uma conta bancária nos EUA por acreditarem que os procedimentos são demasiadamente burocráticos. Ao menos nos Estados Unidos, como veremos adiante, ter uma conta corrente é mais simples do que se pode imaginar.

Porém, nem todos os bancos americanos permitem a abertura de conta a um estrangeiro. Algumas opções disponíveis são o Chase Bank, Bank of America, Wells Fargo e Fifith Third Bank.

As vantagens de abrir uma conta bancária nos EUA

Ao abrir uma conta bancária nos EUA você passa a ter acesso a uma série de benefícios, como a possibilidade de adesão a diferentes fundos de investimentos e, especialmente, à oportunidade de construir seu crédito.

Nas viagens, uma grande vantagem é a possibilidade da transferência de valores, eliminando os riscos de transitar com alto volume de dinheiro em espécie.

Quando você for escolher um banco para abrir sua checking account (conta corrente), dê preferência a uma instituição que possua agências espalhadas por todo o país, o que será útil em caso de viagens.

Diferente do que ocorre no Brasil, a conta não estará vinculada à agência em que foi aberta. Ou seja, você pode ser atendido de igual maneira, sem restrições, em qualquer agência do banco escolhido.

Dicas para abertura da conta nos Estados Unidos

Continue a leitura e confira as 5 dicas para você abrir sua conta bancária nos Estados Unidos!

1. Documentos para abrir uma conta bancária nos EUA

Em relação aos documentos necessários para abrir uma conta bancária nos EUA, as exigências são muito menores do que se costuma pensar. Você pode se dirigir a uma agência bancária de sua preferência, apenas com o seu passaporte para realizar a abertura da conta. Ou seja, não é exigido qualquer documento americano.

Apesar de não ser um documento obrigatório, o comprovante de residência é útil para que o banco mantenha seu endereço cadastrado corretamente, o que será importante para o envio de correspondências. O comprovante apresentado pode ser de um endereço do Brasil.

Nos Estados Unidos, os bancos exigem um depósito inicial, cujo valor pode variar entre US$50 e US$100 conforme as regras definidas em cada instituição.

2. Abertura da conta

Os procedimentos para a abertura da conta são rápidos, sendo concluídos em alguns minutos e sem muita burocracia. Ainda na agência, você recebe um cartão de débito provisório, dentre outros documentos, como folhas de cheque e de depósito. Em poucos dias, o cartão definitivo é enviado para o seu endereço.

As senhas para cartão de débito e Internet Banking também são cadastradas durante a abertura da conta. Nesse momento, também é oferecida ao cliente a opção de abrir uma conta-poupança vinculada.

3. Isenção da tarifa de manutenção da conta

É possível deixar sua conta corrente isenta da cobrança da tarifa de manutenção de conta, que é descontada mensalmente — como ocorre no Brasil. Uma das formas de fazê-lo é mantendo um saldo mínimo (normalmente fixado em US$1.500).

Efetuar depósitos mensais, a partir de um valor mínimo definido pelo banco, também proporciona a isenção, assim como realizar determinado números de compras e pagamentos via cartão de débito.

Na conta-poupança, a isenção é obtida com a manutenção de um saldo de US$300. Já os estudantes estão isentos do pagamento de taxas de manutenção em qualquer situação.

4. Construção de crédito (Credit Score)

As regras definidas nos Estados Unidos para a concessão de crédito a estrangeiros, em uma análise superficial, desestimulam a solicitação do cartão. Para obter determinado limite, é exigido um depósito de igual valor em uma conta garantidora, o que não isenta o correntista do pagamento da anuidade. Ou seja, na prática, o cartão de crédito funciona como um cartão pré-pago.

Tal procedimento, no entanto, pode ser utilizado como estratégia para construir crédito. Após um determinado período (em torno de seis meses), caso o banco considere que a conta esteja sendo controlada com equilíbrio, o valor é liberado e o cartão de crédito passa a ser usado nos moldes conhecidos no Brasil.

A partir desse ponto, existem algumas práticas que podem ser adotadas para que seu crédito seja aumentado, o que é útil especialmente para quem pretende permanecer mais tempo no país.

Os bancos americanos trabalham com um sistema de pontuação, que oscila conforme o comportamento financeiro do correntista. É recomendado, por exemplo, gastar até 70% do limite do cartão, no máximo, pagando sempre o valor total da fatura. Vale, como estratégia, obter mais de um cartão e equilibrar a utilização de cada um, para não ultrapassar o percentual.

O financiamento de veículos é uma ótima opção para quem deseja elevar rapidamente sua pontuação, desde que pago em dia. Aliás, seja qual for a modalidade, qualquer atraso impacta diretamente na pontuação.

5. Abertura da conta a partir de um banco brasileiro

Uma alternativa possível é a abertura da conta bancária a partir do próprio banco em que se é correntista no Brasil. É necessário, contudo, verificar a possibilidade diretamente com as instituições, já que há restrições em alguns casos.

O Bradesco, por exemplo, não possui agências nos Estados Unidos, o que inviabiliza a operação. Por sua vez, o Itaú disponibiliza o serviço aos clientes “private”, que possuem investimentos acima de R$ 5 milhões. Já no Banco do Brasil, as condições são mais acessíveis, sendo possível abrir a conta até mesmo por e-mail e efetuar, gratuitamente, a remessa de valores do exterior para a conta existente no país.

É preciso ficar atento à obrigatoriedade imposta pela legislação tributária e de que sejam informados ao Banco Central todos os ativos mantidos no exterior. Portanto, os prazos e limites legais devem ser seguidos com rigidez.

O encerramento da conta em um banco dos EUA pode ser efetuado sem maiores problemas. Se a conta tiver um saldo mínimo (normalmente de US$300), não haverá cobrança de taxas.

Como vimos, não é nada complicado abrir uma conta bancária em território norte-americano, além de possuir algumas vantagens.

Agora que você já sabe como abrir uma conta bancária nos EUA, que tal entender as diferenças entre cidadania americana e green card? Confira!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s