Quem se muda do Brasil para os Estados Unidos costuma ter como um dos principais objetivos ganhar mais do que ganhava nas terras tupiniquins. No entanto, a maioria dessas pessoas ainda possui alguns vínculos financeiros e, por isso, precisa enviar dinheiro dos EUA para o Brasil.

Para fazer isso, existe um número grande de opções no mercado e muita informação divergente. Isso acaba criando muitas dúvidas e insegurança na hora de escolher a forma de enviar os dólares para o Brasil. Afinal, ninguém quer perder dinheiro com taxas muito altas para transferência.

Neste post, você vai conhecer as 5 principais formas de enviar dinheiro dos EUA para o Brasil e as particularidades de cada uma. Confira!

1. Western Union

Provavelmente essa é a forma mais simples e conhecida de envio de dinheiro para outros lugares. A Western Union tem como principais características a falta de burocracia e a enorme quantidade de postos conveniados pelo mundo para fazer as transações.

Quem quer transferir o dinheiro precisa ir a uma agência da Western Union para fazer a operação. Não é preciso ter conta nos Estados Unidos para isso, e o recebedor no Brasil saca em dinheiro, sem precisar ter conta também.

Outra vantagem é que não existe tarifa para sacar o dinheiro, como no caso de transferências bancárias e outras modalidades. Os encargos são pagos pelo depositante, que vai designar o local do saque e quem vai receber.

Além disso, ao realizar a operação, você receberá o Número de Controle de Transferência de Dinheiro, conhecido como a sigla MTCN. Esse número permitirá o rastreamento do processo pela internet, como em uma entrega pelos Correios.

As transações costumam acontecer em menos de 24 horas, e os locais para retirada do dinheiro no Brasil podem ser no Banco do Brasil ou nas agências de câmbio e turismo: Action, Encantur, Fitta, Fair, Novo Mundo, Ourominas, Renova, Turiscred, Turismo10 e Treviso.

Fique atento, pois a Western Union está sempre em busca de aumentar sua rede de parceiros. Por isso, na hora de enviar dinheiro para algum lugar, é possível que existam outros locais para retirada no Brasil. Tamanha facilidade tem um custo. As taxas da Western Union podem chegar a 10% do valor enviado.

Fique atento aos limites: o pagamento em espécie só é disponível até R$ 4.000. Acima desse valor, o recebedor deve comparecer ao local de retirada com 48 horas de antecedência para notificar o saque. Acima de R$ 10.000, o valor só pode ser entregue por depósito em conta corrente ou poupança do Banco do Brasil.

2. Paypal

O PayPal é uma empresa criada pelo eBay para transações on-line em diversas moedas pelo mundo. Apesar de não ter sido criado com essa finalidade, é muito comum ver pessoas utilizando o serviço para enviar dinheiro dos EUA para o Brasil.

Para fazer isso, é necessário que o emitente e o remetente possuam conta no PayPal para que a transação seja concluída. Criar uma conta é fácil e grátis, basta acessar o site do PayPal e fazer um cadastro. Para quem não domina muito bem o inglês, pode ficar tranquilo que o site tem versão em português.

Após a criação da conta, realizar a transação é muito simples. Seguindo os seguintes passos você conseguirá com sucesso:

  1. faça login no site do PayPal;

  2. vá em “Enviar pagamento”;

  3. informe o e-mail da pessoa que vai receber o dinheiro;

  4. insira o valor a ser enviado;

  5. escolha o propósito da transação;

  6. confirme a transação.

O valor pode ser debitado de um cartão de crédito ou do saldo do PayPal, que cobra taxa de quem está enviando o dinheiro e da pessoa que for receber no momento de transferir o dinheiro para uma conta no Brasil.

Apesar das taxas serem baixas se comparadas a outros serviços, faça as contas para saber se realmente compensa o envio ou se fica mais barato pelo Western Union ou por outra forma de envio.

Caso a pessoa que vai receber o dinheiro não o transfira para uma conta bancária, ela não pagará a taxa de transferência. Nesse caso, ela pode usar o dinheiro como forma de pagamento on-line em diversas lojas no Brasil ou exterior, incidindo apenas o câmbio do dia de dólar para real.

3. Wire Transfer

Essa é uma forma de envio de dinheiro entre bancos. Sua principal vantagem é a rapidez da transação, a facilidade de envio para qualquer banco e a segurança.

Não é preciso ser cliente do banco pelo qual está enviando o dinheiro. No entanto, nessa situação, a taxa para envio é maior. Por outro lado, isso elimina a necessidade de ter uma conta bancária nos Estados Unidos e da liberdade de escolher o banco com melhor taxa para envio.

Para quem não é cliente, é necessário fazer o envio em dinheiro vivo, como acontece no Western Union. A pessoa que recebe o dinheiro, no entanto, precisa obrigatoriamente ter conta no banco de recebimento.

Realizar a transação é simples, basta ter o número SWIFT do banco para o qual o dinheiro será enviado. Esse é um código bancário que pode ser obtido no próprio site do banco. Além desse número, é necessário ter os dados da pessoa que vai receber e o número da agência e da conta (como acontece em uma transação bancária entre bancos dentro do Brasil).

A transação ocorre quase instantaneamente, e a pessoa que recebeu o dinheiro já fica com ele na conta corrente, sem ter a necessidade de sacar em dinheiro vivo.

Fique atento, pois nessa forma de envio os bancos brasileiros, além do câmbio, cobram uma taxa sobre o montante recebido antes de depositar na conta. Por isso, verifique no banco de quem vai receber o dinheiro quais são as taxas praticadas.

4. Correio Americano

Provavelmente essa é a forma mais barata de envio de dinheiro para o exterior. Não é necessário ter contas em banco nos EUA. Suas principais vantagens são as baixas taxas, a velocidade da transferência e a rastreabilidade do dinheiro por meio de um código recebido no momento do depósito.

A pessoa que vai receber o dinheiro pode efetuar o saque nas agências dos Correios e nos bancos credenciados no Brasil de forma simples.

As desvantagens ficam pelo número reduzido de agências aptas a receber o dinheiro. Não são todas as agências dos bancos que podem receber, então pode ser que não exista uma próxima à pessoa que vai sacar o dinheiro. A segunda desvantagem é o limite de 700 dólares por transação.

5. Serviços de envio de dinheiro

Outras formas que não exigem a abertura de uma conta corrente para enviar dinheiro dos EUA para o Brasil são os serviços de envio.

Esses serviços costumam oferecer taxas bem competitivas para transações, mas possuem algumas limitações quanto à quantidade de dinheiro a ser enviado e os postos credenciados para envio e recebimento. Alguns dos mais conhecidos são: Sharmoney, Moneygram e TransferWise.

Caso você esteja pensando em utilizar uma das modalidades, verifique nos sites das empresas as condições para envio, as taxas e a disponibilidade de postos de envio e de recebimento. Alguns permitem transações on-line, mas nesses casos, é necessária uma conta nos Estados Unidos ou um cartão de crédito.

No site da Remittance Prices Worldwide, é possível consultar uma tabela comparativa de taxas de diversos serviços, inclusive Western Union. Por lá, você também pode saber se o serviço permite transações on-line, o nível de disponibilidade de postos de envio e o prazo para a conclusão da operação.

Gostou das nossas dicas para enviar dinheiro dos EUA para o Brasil? Então compartilhe este post nas redes sociais para que outras pessoas tenham acesso a essas informações!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s