O sonho de muitas pessoas é morar nos Estados Unidos, mas, para atingir esse objetivo, é preciso fazer um bom planejamento financeiro. Entre os itens que devem ser incluídos no orçamento está o aluguel.

Mas como conseguir alugar apartamento nos EUA sem gastar muito? E quais são os fatores que devem ser levados em consideração antes de assinar um contrato? Neste artigo selecionamos algumas informações para ajudar você nessa missão. Acompanhe!

1. Documentos

Para alugar uma casa ou apartamento nos EUA, é preciso ter o cartão de segurança social (SSN) ou o tax ID. Por outro lado, existe também a possibilidade de o locador aceitar o passaporte, um extrato bancário — para comprovação de renda — e alguns depósitos antecipados.

Quando chegar ao país, o ideal é que reserve alguns dias em um local de hospedagem para que possa procurar com calma por proprietários ou corretores de imóveis e se informar sobre suas condições de aluguel.

2. Contrato

No Brasil, é muito comum ser solicitado um fiador para o fechamento de um contrato de aluguel, mas nos EUA essa prática não é tão difundida. É pedida, geralmente, uma carta de recomendação da universidade ou empresa, ou, ainda, um telefone de alguém que possa confirmar sua boa conduta.

No valor do aluguel serão inclusas as taxas de condomínio e, dependendo do contrato, o locatário pode encontrar eletrodomésticos e móveis no apartamento ou casa.

Outro fator importante é o período de permanência exigido na contratação, que costuma ser de 12 meses (mas, em alguns casos, pode ser 6 meses). Sendo assim, caso seja preciso deixar o imóvel antes do término do prazo estipulado no acordo, haverá uma multa de rescisão — que terá sido especificada no contrato.

No entanto, se decidir transferir o aluguel para outra pessoa, o proprietário precisa autorizar. Normalmente, leva-se em média uma semana para finalizar todo o processo de contratação.

3. Negociação do preço

Durante o planejamento do seu orçamento, é primordial entender que o valor gasto com moradia será um dos aspectos que mais pesará nos custos. Porém, se tiver alguns cuidados na hora de procurar pelo imóvel, é possível economizar bastante.

Evite, por exemplo, residências próximas a grandes universidades, centros comerciais, áreas turísticas ou endereços nobres.

Além disso, fique de olho na data em que foi feito o anúncio do aluguel do imóvel na internet: se perceber que faz tempo que a residência está disponível, terá uma boa oportunidade para negociar um valor mais baixo.

Para facilitar a pesquisa, é importante acessar sites de grandes imobiliárias nos EUA e fazer uma comparação de preços. Se, por ventura, encontrar algum imóvel ideal com valor acessível, há um modo de abaixar um pouco o aluguel. Mas como assim?

Uma forma de diminuir o custo com a locação do imóvel é assumir algumas responsabilidades que são do proprietário. Quer um exemplo? Se for morar em um condomínio, você pode se oferecer para avisar ao locador sobre a necessidade de pequenos reparos nas residências.

4. Valores de aluguel em algumas cidades

Quer saber quanto custa morar nas cidades mais procuradas dos Estados Unidos da América? Então vamos lá!

Boston

Essa cidade está entre as mais caras do mundo para se viver. Em média o preço do aluguel ficar em torno de 1.600 dólares, no entanto, esse valor varia de acordo com o local escolhido.

Por exemplo, em bairros mais afastados do centro como West Roxbury, Hyde Park e East Boston, um apartamento com 1 quarto custa em média 1.200 dólares.

Por outro lado, em locais mais nobres como Back Bay, Bay Village e Chinatown, os valores para alugar um apartamento com 1 quarto sobe para 1.665 dólares.

Nova York

Nessa metrópole cobiçada, o valor da locação varia entre 1.250 e 1.820 dólares (nos bairros mais afastados do centro, como o Harlem), sendo alguns desses imóveis já equipados com eletrodomésticos como fogão e geladeira.

Filadélfia

O custo para alugar uma residência nessa cidade, normalmente, equipara-se a 999 dólares mensais. No entanto, na localidade de West Kensington, um estúdio com fogão e geladeira pode custar 450 dólares.

Los Angeles

A média de valores dos aluguéis fora do centro é de 1.379 dólares em apartamentos com um quarto. Em bairros como o Park Mesa Heights, porém, um imóvel com um dormitório e bem localizado pode ser encontrado por 1.357 dólares mensais.

Houston

No bairro de Willow Meadows é possível encontrar um apartamento por 635 dólares e a média de custos em outros locais afastados do centro fica em torno de 910 dólares.

Chicago

Essa linda cidade oferece apartamentos pelo valor de 1.075 dólares mensais. Entretanto, no bairro de Greater Grand Crossing, imóveis com fogão, geladeira e outros equipamentos saem, em média, por 635 dólares.

Phoenix

Os valores giram em torno de 722 dólares nos lugares mais afastados do grande centro. No bairro de Alhambra, por exemplo, um imóvel em um residencial com um quarto, alguns eletrodomésticos e lavanderia no local custa 475 dólares.

5. Pagamento antecipado

É preciso se preparar para o adiantamento de, pelo menos, quatro parcelas do aluguel: uma concernente ao primeiro mês de locação, outra do último mês do contrato, uma relativa ao título da caução e, em alguns acordos, uma parcela para a taxa da imobiliária.

Desse modo, caso o custo do seu aluguel seja de 1.250 dólares, talvez seja necessário pagar 5 mil dólares para entrar no imóvel. Mas por que todo esse dinheiro? É muito comum, nos EUA, pessoas do mundo inteiro chegarem ao país não possuindo referência de crédito.

Sendo assim, esses valores adiantados dão maior segurança aos proprietários. Por outro lado, se você conseguir um documento comprovando, por exemplo, que veio a serviço de alguma empresa, pode deixar de pagar pelo menos dois adiantamentos da locação.

6. Dicas para alugar apartamento nos EUA

Ao visitar o local onde se encontra o imóvel, converse com os vizinhos sobre o que acham da região e pergunte detalhes sobre serviços públicos, índice de violência, hospitais próximos, meios de transporte, etc.

Além disso, inspecione as instalações da residência, como fiação elétrica, encanamento, condições da estrutura do imóvel e conservação interna. Ao realizar esse procedimento, você vai poder exigir reparos do proprietário e evitar ser acusado de danos causados por outra pessoa.

É importante conhecer a política do locador — caso tenha filhos ou bichos de estimação — sobre as regras de silêncio. Em certos contratos, não é permitido ter crianças ou animais no imóvel. Em outros casos, um valor extra é cobrado para eventuais prejuízos.

Fazemos votos para que sua experiência na “terra dos sonhos” possa ser inesquecível e temos certeza de que, seguindo as sugestões acima, o sucesso será garantido.

O que achou do nosso conteúdo? Ajudamos você a entender como alugar apartamento nos EUA? Então compartilhe este artigo nas redes sociais e leve informação para seus amigos!

2 thoughts on “Entenda como alugar apartamento nos EUA

  1. Eu gostaria de parabenizar pelo matéria e dicas, foi muito útil e poderá a ajudar a muitos e tirar algumas dúvidas, Valeu Inmam é Show de bola, abcs a todos,

    Amarido Ferreira, Medford Ma.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s