O sol faz toda a diferença para quem vive em lugares onde se faz bastante frio. Não há como negar que o verão é sempre uma época esperada e comemorada, principalmente para os brasileiros que estão longe da terra do sol 365 dias por ano. 

No entanto, é sempre necessário tomar cuidados com relação a exposição ao sol, e isso vale tanto para a nossa pele quanto para os nossos veículos. Proteger o carro dos danos causados pelo sol evita prejuízos, além de preservar a aparência e a durabilidade do veículo. 

Como nem sempre é possível estacionar e manter o carro em lugares cobertos, entenda porque e como você pode proteger seu carro do sol, previnindo estragos e danos que podem ser irreversíveis: 

Por que é necessário proteger o carro do sol? 

Os raios UV podem causar estragos em diversas partes do carro. A chegada do verão aumenta consideravelmente o risco de estragos uma vez que, nesse período, os dias possuem muito mais horas de sol. Em Boston, por exemplo, a média de sol em janeiro é de 148 horas. Em julho, a média chega a 300 horas, pouco mais do dobro. Entre março e outubro, essa exposição mantém-se acima de 200 horas  Sendo assim, são sete meses que merecem cuidado redobrado.

É comum pensar que devemos proteger carro do sol apenas para evitar oxidação, microrachaduras, ressecamento do verniz, entre outros problemas na pintura. De fato, a parte estética do veículo é uma das mais sensíveis ao sol. No entanto, as áreas internas como o painel e os bancos — principalmente os de couro — também correm risco de apresentar rachaduras e danos na aparência com a exposição duradora.

Além disso, na parte mecânica, por conta da chance de elevação da temperatura do motor de forma mais rápida e por maior espaço de tempo, existem preocupações que também devem ser levadas em consideração. 

Agir preventivamente garante que, apesar do sol, seu carro permaneça em ótimo estado, sem perder valor de mercado e sem gerar prejuízos como custo para repintura ou manutenção não prevista.

Mas, quais são as alternativas disponíveis para se proteger o carro do sol? Conheça algumas abaixo: 

Como proteger o carro do sol?

1. Coloque uma capa de proteção

Ótima alternativa para quem não possui garagem coberta, as capas de proteção protegem tanto a pintura quanto as partes internas do veículo que, invariavelmente, vão receber diretamente os raios solares.

No entanto, é preciso procurar no mercado uma capa com certificação e garantir que ela é de boa qualidade. Caso contrário, ao invés de proteger, a capa pode arranhar a tinta do carro ou até mesmo derreter e causar estragos na pintura. Uma dica é optar pelos modelos térmicos e com material interno revestido, para evitar arranhões. 

Lembre-se: não coloque a capa enquanto o carro está molhado ou se o equipamento tem algum rasgo. Ambas as situações podem provocar o aparecimento de manchas.

2. Utilize produtos para proteger a pintura

A aplicação de produtos na pintura representa outra medida que garante vida longa e brilhante à carroceria do seu carro. De ação duradoura, a cristalização é uma técnica que assegura proteção extra por meio de uma resina protetora. Ela age de forma que o verniz permaneça mais vivo, além de evitar arranhões. 

É importante ressaltar que esse serviço exige primeiro o polimento para retirada de possíveis manchas e riscos. Como o procedimento envolve o uso de lixa e outros equipamentos, procure um serviço especializado para garantir boa aplicação.

O uso da cera também ajuda a proteger contra manchas. Para isso, existem opções de produtos específicos contra os raios UV. Só não use a cera em partes de plástico: para essas áreas, deve-se utilizar material adequado.

3. Invista no envelopamento

Fora as técnicas com químicas que garantem proteção e brilho para a pintura, outro método que vai proteger o carro do sol é o envelopamento. Com um plástico fino e ultra resistente, a lataria fica coberta e não sofre diretamente o impacto dos raios solares. O material tem também a função de afastar o risco de arranhões.

Alguns adesivos são coloridos e mudam a estética por completo, mas existem também opções transparentes e que mantêm a cor original do carro. 

4. Redobre os cuidados com o interior do carro

Com o painel, volante e bancos a atenção e os cuidados precisam ser redobrados. Para o painel, há bloqueadores do sol que ajudam, inclusive, a diminuir a temperatura interna do veículo, evitando danos e também desconfortos para o motorista e passageiros. O uso de cera para as partes plásticas aumenta também a durabilidade e garante proteção. Em geral, o melhor é combinar a ação dos dois produtos. 

Além disso, ter uma flanela de microfibra para retirar a poeira — que é abrasiva  é fundamental para evitar que o sol reaja com o pó e crie uma aparência ruim nas partes plásticas. 

O poder dos raios UV em materiais de couro é grande e acelera o processo de desgaste. Por isso, para os bancos e partes de couro, há produtos que ajudam a manter a textura natural, hidratando e mantendo a qualidade do couro permanente. 

5. Fique de olho nos pneus

No calor, o asfalto esquenta com facilidade. Dessa forma, devido ao atrito, os pneus também estão sujeitos a danos. Entretanto, evitar problemas aqui é bem mais simples do que se possa imaginar: mantenha a calibração correta — de preferência calibre-os nas primeiras horas do dia ou sem ter rodado muito com o carro no asfalto quente —, e verifique a pressão dos pneus no máximo de 15 em 15 dias. 

6. Seque o carro sempre após lavar

Após dar aquela boa lavada no carro, não deixe o veículo secando sozinho. Use flanelas que absorvem bem a água e, com a mão, vá secando o carro. Esse processo simples vai remover alguns minerais que estão presentes na água e evitar que eles permaneçam na tinta. Isso porque, ao entrarem em contato com os raios de sol, esses minerais reagem e podem causar manchas. 

7. Cuide também da parte mecânica

A elevação da temperatura no ambiente aumenta o risco de danos nos itens mecânicos. O sistema de refrigeração, por exemplo, precisa estar sempre em dia para prevenir que o calor não eleve a temperatura do motor mais do que o recomendado. 

Checar se o nível do óleo está na marcação que indica cheio, se as mangueiras estão rachadas ou ressecadas e se o nível do reservatório de água está ok são cuidados que você mesmo pode fazer e que vão garantir tranquilidade e economia no bolso de quem quer juntar dinheiro

Por fim, a medida que o calor vai aumentando, o uso do ar condicionado pode se tornar praticamente essencial. Para evitar que o sistema estrague, o melhor passo é fazer uma manutenção preventiva. 

Agora que você já sabe como proteger carro do sol, será mais fácil manter seu veículo sempre impecável e aproveitar, sem preocupações, os passeios durante os dias ensolarados. Lembre-se: o verão é uma ótima época para viagens e os EUA são um país fantástico para se aventurar pelas estradas. Ter o carro bem cuidado, revisado e preparado antes é fundamental. 

Tem alguma dica extra para proteger o carro do sol? Compartilhe com a gente nos comentários e ajude outros donos de carro!: 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s