Manter o ar o mais puro possível, ter consumo de combustível equilibrado, não ouvir barulhos excessivos nem sentir odores estranhos é possível se a manutenção do ar-condicionado do carro ocorrer de forma regular. O sistema, no frio ou no calor, equilibra a temperatura interna, desembaça os vidros e deixa o ambiente interno mais agradável.

Nada disso funciona perfeitamente, porém, se o sistema estiver com muita sujeira. Descubra, a seguir, como a manutenção do ar-condicionado do carro ajuda a evitar problemas de saúde para você, sua família e seus amigos, e ainda previne que haja custos elevados com o veículo no dia a dia. Confira!

Evita cheiros

O mau cheiro do ar-condicionado é muito desagradável e surge como alerta de que a manutenção é necessária. O principal sinal é a predominância de um odor de mofo dentro do carro enquanto o sistema está em funcionamento.

Esse odor vem do acúmulo de ácaros, bactérias e fungos que se concentram naturalmente no sistema de refrigeração, principalmente no filtro e no evaporador. Com o uso contínuo do ar-condicionado, esses microrganismos se transformam em colônias imensas e seu metabolismo causa o odor desagradável.

Quando eles não são barrados, chegam ao interior do carro. Imagine isso em uma viagem: o principal reflexo são as crises de rinite, asma e alergias em quem é mais suscetível a elas. Se há espirros ou tosse logo que o ar-condicionado é ligado, há algo errado. As crianças podem, ainda, ser as mais atingidas.

Impede problemas respiratórios

É comum que poeira, fungos e bactérias se aglomerem no filtro do ar-condicionado do carro. Enquanto o sistema não está sujo, a proteção contra impurezas consegue garantir que nada prejudicial ao nosso sistema respiratório invada o interior do automóvel.

A partir do momento que o filtro fica sobrecarregado, porém, essas impurezas não são mais barradas. Com o ar-condicionado ligado, tudo segue para dentro do veículo e, com os vidros fechados, a situação fica ainda pior. Como a circulação de ar fica mais restrita, todas as impurezas que não foram barradas são aspiradas por quem está no carro. É um verdadeiro veneno ativado ao toque de um botão.

Quem primeiro segura a poeira, os fungos e as bactérias que podem estar nessas partículas é o filtro de pólen (também chamado de filtro de ar). Alguns modelos não têm filtro e, com isso, a sujeira fica acumulada no evaporador. Quando essa peça está muita suja, chega a se formar uma crosta de sujeira em volta dela, o que prejudica seu funcionamento.

O filtro vencido costuma ficar de cor escura, em razão das impurezas ali depositadas. Quando novo, ele é branco ou de cor clara, justamente para facilitar a identificação quanto estiver sujo. Essa peça, dependendo do tipo de carro, pode ser de carvão ativado a mesma tecnologia usada em velas de filtro de água ou o chamado de filtro de partícula (também conhecido como filtro branco).

Lembre-se de que o próprio ar do ambiente pode estar contaminado. Com a correta manutenção do ar-condicionado do carro, o sistema filtra parte dessa poluição. Caso contrário, são aspiradas as impurezas concentradas no sistema aliadas ao ar poluído do ambiente.

Carros mais luxuosos usam nanotecnologia no sistema de ar-condicionado do carro. São nanopartículas de prata que ajudam a esterilizar os componentes de forma a garantir um ambiente mais limpo elas fazem a limpeza tanto do filtro como das tubulações. Nesses casos, o recomendável é apenas a troca do filtro.

Prolonga a vida útil dos componentes

Quando a manutenção do ar-condicionado do carro não é feita corretamente, há acúmulo de poeira e outras partículas no filtro de pólen. Isso faz que a passagem do ar fique prejudicada e o ventilador interno deixe de funcionar da forma correta.

Além disso, o compressor que faz o ar frio ser levado para dentro do veículo sofre resistência da barreira de micro partículas. Desse modo, ele trabalha muito mais para conseguir desempenhar sua função. Esse esforço anormal causa, com o tempo, um desgaste mais rápido da peça. A verdade é que, nessa situação, há uma sobrecarga de todo o sistema.

Com o funcionamento desregulado, os ventiladores também precisam se esforçar mais. A situação vai além e até o alternador, que produz a energia elétrica para o carro, trabalha por mais tempo. Essa reação em cadeia pode chegar, inclusive, à bateria, responsável por armazenar a energia e suportar a carga elétrica. Em situações extremas, descuidar da manutenção do ar-condicionado do carro desvaloriza o veículo em uma possível revenda.

Evita gasto extra de combustível

O ar-condicionado tem relação direta com o consumo de combustível. Afinal, o sistema exige que o motor trabalhe mais para mantê-lo em funcionamento. Quando há sujeira excessiva, então, o alternador do carro, que envia energia para o compressor, precisa se esforçar mais, já que é mais difícil esfriar o ar e empurrá-lo para dentro do veículo.

Se o alternador estiver sobrecarregado, o motor sofre porque é ele quem faz toda a engrenagem funcionar. Nessa hora, se o propulsor passar a ser mais exigido, a quantidade de combustível necessária para alimentar todo o sistema também aumenta.

Contém o barulho excessivo

Em geral, a ventilação do sistema não é barulhenta (a não ser em velocidades mais baixas). Quando a manutenção do ar-condicionado do carro é necessária, outro sinal é um barulho alto e estranho. A sujeira faz que o ventilador interno seja bloqueado, o que o faz ficar sobrecarregado. Como precisa trabalhar mais, esse esforço para transportar o fluxo de ar produz ruídos.

Com essas informações, você já tem condições de identificar quando o sistema estiver sobrecarregado e quando há sinais de que é preciso fazer a manutenção do ar condicionado do carro. Como não existe uma quilometragem exata para que essa verificação e a correspondente higienização sejam feitas, cabe ao proprietário ficar atento a esses detalhes para saber quando procurar a assistência técnica.

A propósito, saber quando é o momento de fazer manutenção é uma forma eficiente de economizar dinheiro e valorizar seu carro. Conheça, aqui, 11 dicas que podem ajudá-lo a saber quando procurar um profissional.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s